CONSELHO EPISCOPAL PASTORAL DA CNBB ESCOLHE “EDUCAÇÃO” COMO O TEMA DA CF 2022

 

O Conselho Episcopal Pastoral (Consep) da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) reunido virtualmente na manhã desta quarta-feira, 19 de agosto, escolheu, por unimidade, “Educação” como tema da Campanha da Fraternidade (CF) 2022. Integram o Consep da CNBB os quatro bispos da presidência da entidade e os 16 bispos que presidem as suas comissões episcopais pastorais.

O secretário-executivo das Campanhas da CNBB, padre Patriky Samuel Batista, informou, antes da votação dos bispos do Consep, que chegaram 19 sugestões de temas, sendo oito vindas do próprio Consep da CNBB: educação, economia de Francisco e trabalho, migração e mobilidade urbana, adoção, educação sanitária e preventiva, castidade, povo negro e realidade do trabalho.

Os outros 11 temas foram sugeridos pelos representantes dos 18 regionais da CNBB que participaram do Seminário Nacional da CF, realizado em outubro de 2019: educação, trabalho, migração e mobilidade urbana, adoção, cultura urbana, cuidados paliativos, cultura do Bem Viver, compromisso social, mulher, trânsito e periferias existenciais.

O arcebispo de Montes Claros (MG) e presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Cultura e Educação da CNBB, dom João Justino de Medeiros, manifestou sua alegria pela decisão do Consep. “Essa notícia chega num momento que traz grande alegria. Fiquei muito feliz com a decisão de dedicar a CF de 2022 ao tema da educação”, disse. Ele reforçou que haverá um longo processo de preparação da campanha, incluindo a decisão sobre que ênfases serão abordadas no horizonte desta campanha, contudo adiantou que a perspectiva é trabalhar a educação para o humanismo solidário.

Para o presidente da Comissão para a Cultura e Educação da CNBB, a CF tem o papel de traduzir a vivência da fé cristã para construir relações fraternas e um mundo justo e solidário. “Esta notícia vem num momento muito bom quando estamos vivendo o apelo do Papa Francisco para a reconstrução do Pacto Global Educativo”, disse.

Próximos passos

O secretário-executivo das Campanhas da CNBB também demonstrou seu contentamento. “Para nós é uma imensa alegria receber esta notícia do Consep. Essa foi uma das indicações que vieram do Seminário Nacional da CF no ano passado”, disse. Padre Patriky lembrou que em 2022 celebra-se os 40 anos da CF de 1982 que teve como tema “Fraternidade e Educação” e como lema “A verdade vos libertará”.

O próximo passo, segundo o padre Patriky, é constituição da equipe motivadora que ajudará a pensar o texto base, os editais e outros encaminhamentos. Dom João Justino colocou toda a Comissão para a Cultura e Educação da CNBB à disposição para trabalhar na preparação e organização da CF de 2022 com a intenção de que renda muitos frutos para as comunidades eclesiais, para a Igreja e para o povo brasileiro.

Em 2022, como lembrou o padre Patriky antes da votação, também completam-se 25 anos da CF 1997 cujo tema e lema foram “Fraternidade e os encarcerados – Cristo liberta de todas as prisões” e 30 anos da CF 1992, “Fraternidade e Juventude – Juventude caminho aberto”.

Fonte: https://www.cnbb.org.br/conselho-episcopal-pastoral-da-cnbb-escolhe-educacao-como-o-tema-da-cf-2022/

“Fratelli Tutti”: a terceira Encíclica do Papa Francisco

 

“Fratelli Tutti”, –que pode ser traduzida livremente como “A todos os irmãos”– remete para os escritos de São Francisco de Assis, o Santo medieval que inspirou o cardeal Bergóglio a escolher o nome Francisco com o qual subiu ao sólio pontifício.

As duas anteriores encíclicas do atual pontificado foram a ‘Lumen Fidei’, (a luz da Fé), escrita em 2013 onde Francisco recolhe reflexões de Bento XVI a propósito da Fé; e a ‘Laudato Si’, escrita em 2015, e que trata da ecologia integral.

 

 visualizar documento 

CONIC realiza consulta nacional para sugestões do tema e lema da CF ecumênica em 2021

O Conselho Nacional de Igrejas Cristãs (CONIC), do qual participa a Igreja Católica Apostólica Romana e outras cinco Igrejas, está realizando uma consulta nacional até o dia 19 de outubro deste ano para a escolha do tema e do lema da Campanha da Fraternidade Ecumênica de 2021.

Segundo o presidente do CONIC, Inácio Lemke, pastor da Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil (IECLB), uma das características da Campanha da Fraternidade Ecumênica é seu caráter participativo e plural. “Todas os grupos, pastorais, comunidades e pessoas de diferentes expressões de fé identificadas com o testemunho cristão em favor da justiça, da misericórdia e do diálogo são convidadas a se integrar na CFE”, disse.

Tema e lema – Para a Campanha da Fraternidade Ecumênica 2021, o CONIC está fazendo um levantamento de sugestões do Tema e do Lema. Lembrando que o lema é sempre um versículo bíblico de apoio ao tema. O CONIC informa que para participar é muito simples. Basta encaminhar a sugestão para o e-mail:comunicacao@conic.org.br, com nome e sobrenome e também indicando a igreja, organismo ecumênico, grupos de base e movimento. O CONIC vai confirmar e responder a todas as inscrições. O prazo para o envio é até dia 19 de outubro deste ano.

O presidente do Conic lembra que uma das dicas já apontadas foi a reflexão sobre Educação para a paz em um Mundo Multirreligioso – documento do Conselho Mundial de Igrejas (CMI). “No entanto, podem ser outras possibilidades. Daí a importância de sabermos a opinião e o desejo de cada um e cada uma de vocês”, disse Inácio.

Essa já é uma experiência que vem sendo feita conjuntamente entre as Igrejas que integram o Conic: Aliança de Batistas do Brasil (ABB), Igreja Episcopal Anglicana do Brasil (IEAB), Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil (IECLB), Igreja Presbiteriana Unida (IPU), Igreja Sirian Ortodoxa de Antioquia (ISOA) e Igreja Católica Apostólica Romana (ICAR).

Em 2016, aconteceu a última experiência de realização de uma Campanha da Fraternidade Ecumênica cujo tema foi “Casa Comum, nossa responsabilidade” e o lema: “Quero ver o direito brotar como fonte e correr a Justiça qual riacho que não seca” (Am 5.24). O cartaz foi este que utilizado para ilustrar este texto.

Foto de capa: detalhe do cartaz da Campanha da Fraternidade Ecumênica de 2016.

Fonte: CNBB e  https://noticiascatolicas.com.br/conic-realiza-consulta-nacional-para-sugestoes-do-tema-e-lema-da-cf-ecumenica-em-2021.html.

Estudo revela que ir à Missa traz benefícios à saúde   

               

 

        Nos últimos anos vários estudos mostraram que praticar alguma religião traz benefícios para a saúde. O mais recente, realizado pela ‘Harvard Chan School of Public’, chamado ‘Association of religious service attendance with mortality among Women’ (Associação de assistência a serviços religiosos com mortalidade de mulheres), revelou que ir à Missa traz muitos benefícios para a saúde.

 

 

LINKS

© 2012 Todos os direitos reservados.

Crie um site grátisWebnode