CAMPANHA DA FRATERNIDADE 2021

 

A Campanha da Fraternidade Ecumênica 2021 terá como tema “Fraternidade e Diálogo: compromisso de amor”, e o lema “Cristo é a nossa paz: do que era dividido, fez uma unidade” (Ef. 2.14).
 
O objetivo geral da próxima CFE é, através do diálogo amoroso e do testemunho da unidade na diversidade, inspirados e inspiradas no amor de Cristo, “convidar comunidades de fé e pessoas de boa vontade para pensar, avaliar e identificar caminhos para a superação das polarizações e das violências que marcam o mundo atual.”

A base do desenho é uma ciranda, uma grande roda onde não há primeiro, nem último, onde todos formam uma unidade e precisam trabalhar na mesma sintonia e ritmo para não perderem o compasso. A ciranda lembra uma canção muito comum em nossas comunidades, ‘baião das comunidades’ do cantor e compositor Zé Vicente. Todas e todos são convidados a participarem desta ciranda pela vida construindo a civilização do amor, da justiça, da igualdade e da paz. Na ciranda há uma criança com a mão estendida a espera de mais pessoas a fim de que o movimento de fraternidade não pare. Somos todos convidados!

Oração da Campanha da Fraternidade Ecumênica – 2021

Deus da vida, da justiça e do amor,
Nós Te bendizemos pelo dom da fraternidade
e por concederes a graça de vivermos a comunhão na diversidade.

Através desta Campanha da Fraternidade Ecumênica,
ajuda-nos a testemunhar a beleza do diálogo
como compromisso de amor, criando pontes que unem
em vez de muros que separam e geram indiferença e ódio.

Torna-nos pessoas sensíveis e disponíveis para servir a toda a humanidade,
em especial, aos mais pobres e fragilizados,
a fim de que possamos testemunhar o Teu amor redentor
e partilhar suas dores e angústias, suas alegrias e esperanças,
caminhando pelas veredas da amorosidade.

Por Jesus Cristo, nossa paz,
no Espírito Santo, sopro restaurador da vida. Amém.

Fonte: CNBB

HINO CF-2021

 

1. Venham todos, vocês, venham todos, Reunidos num só coração, (cf. At 4, 32) /: De mãos dadas formando a aliança, Confirmados na mesma missão. (bis) 

Ref.: Em nome de Cristo, que é a nossa paz! Em nome de Cristo, que a vida nos traz: Do que estava dividido, unidade ele faz! Do que estava dividido, unidade ele faz! (cf. Ef 2,14a) 

2. Venham todos, vocês, meus amigos, Caminhar com o Mestre Jesus, /: Ele vem revelar a Escritura Como fez no caminho à Emaús. (cf. Lc 24) (bis) 

3. Venham todos, vocês, testemunhas, Construamos a plena unidade /: No diálogo comprometido Com a paz e a fraternidade. (bis)

 4. Venham todos, mulheres e homens, Superar toda polaridade, /: Pois em Cristo nós somos um povo, Reunidos na diversidade. (bis) 

5. Venham jovens, idosos, crianças E vivamos o amor-compromisso /: Na partilha, no dom da esperança E na fé que se torna serviço. (bis)

Observação: Este canto não cumpre as exigências e as finalidades de um Canto de Abertura para a Celebração da Eucaristia. Portanto, pode-se usá-lo como, por exemplo, “canto de envio” (canto final) ou até mesmo após a homilia, em que, a cada domingo canta-se uma estrofe e o refrão, reforçando o sentido da Campanha da Fraternidade que foi apresentado em algum momento na homilia.

CONSELHO EPISCOPAL PASTORAL DA CNBB ESCOLHE “EDUCAÇÃO” COMO O TEMA DA CF 2022

 

O Conselho Episcopal Pastoral (Consep) da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) reunido virtualmente na manhã desta quarta-feira, 19 de agosto, escolheu, por unimidade, “Educação” como tema da Campanha da Fraternidade (CF) 2022. Integram o Consep da CNBB os quatro bispos da presidência da entidade e os 16 bispos que presidem as suas comissões episcopais pastorais.

O secretário-executivo das Campanhas da CNBB, padre Patriky Samuel Batista, informou, antes da votação dos bispos do Consep, que chegaram 19 sugestões de temas, sendo oito vindas do próprio Consep da CNBB: educação, economia de Francisco e trabalho, migração e mobilidade urbana, adoção, educação sanitária e preventiva, castidade, povo negro e realidade do trabalho.

Os outros 11 temas foram sugeridos pelos representantes dos 18 regionais da CNBB que participaram do Seminário Nacional da CF, realizado em outubro de 2019: educação, trabalho, migração e mobilidade urbana, adoção, cultura urbana, cuidados paliativos, cultura do Bem Viver, compromisso social, mulher, trânsito e periferias existenciais.

O arcebispo de Montes Claros (MG) e presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Cultura e Educação da CNBB, dom João Justino de Medeiros, manifestou sua alegria pela decisão do Consep. “Essa notícia chega num momento que traz grande alegria. Fiquei muito feliz com a decisão de dedicar a CF de 2022 ao tema da educação”, disse. Ele reforçou que haverá um longo processo de preparação da campanha, incluindo a decisão sobre que ênfases serão abordadas no horizonte desta campanha, contudo adiantou que a perspectiva é trabalhar a educação para o humanismo solidário.

Para o presidente da Comissão para a Cultura e Educação da CNBB, a CF tem o papel de traduzir a vivência da fé cristã para construir relações fraternas e um mundo justo e solidário. “Esta notícia vem num momento muito bom quando estamos vivendo o apelo do Papa Francisco para a reconstrução do Pacto Global Educativo”, disse.

Próximos passos

O secretário-executivo das Campanhas da CNBB também demonstrou seu contentamento. “Para nós é uma imensa alegria receber esta notícia do Consep. Essa foi uma das indicações que vieram do Seminário Nacional da CF no ano passado”, disse. Padre Patriky lembrou que em 2022 celebra-se os 40 anos da CF de 1982 que teve como tema “Fraternidade e Educação” e como lema “A verdade vos libertará”.

O próximo passo, segundo o padre Patriky, é constituição da equipe motivadora que ajudará a pensar o texto base, os editais e outros encaminhamentos. Dom João Justino colocou toda a Comissão para a Cultura e Educação da CNBB à disposição para trabalhar na preparação e organização da CF de 2022 com a intenção de que renda muitos frutos para as comunidades eclesiais, para a Igreja e para o povo brasileiro.

Em 2022, como lembrou o padre Patriky antes da votação, também completam-se 25 anos da CF 1997 cujo tema e lema foram “Fraternidade e os encarcerados – Cristo liberta de todas as prisões” e 30 anos da CF 1992, “Fraternidade e Juventude – Juventude caminho aberto”.

Fonte: https://www.cnbb.org.br/conselho-episcopal-pastoral-da-cnbb-escolhe-educacao-como-o-tema-da-cf-2022/

 

Contato

© 2012 Todos os direitos reservados.

Crie um site grátisWebnode