1° DOMINGO DA QUARESMA

 “Livrai-nos, ó Pai de todos os males.”

 

RITOS INICIAIS

 

Animador:   No início da nossa caminhada quaresmal, a Palavra de Deus nos convida à “conversão” – isto é, a recolocar Deus no centro, como prioridade da nossa existência, a aceitar a comunhão com Ele, a escutar as suas propostas, a concretizar no mundo  –  com  fidelidade  –  os  seus  projetos. O exemplo de Jesus nos ajudará nesse sentido e o Espírito recebido, por Ele e por nós, será a nossa força.

 

1. CANTO INICIAL

 

2. ACOLHIDA (Poderá ser cantada).

Min: Em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo. 

Todos: Amém.

Min: A graça e a paz de Deus, nosso Pai, e de Jesus Cristo que nos chama a preparar a Páscoa estejam convosco.

Todos: Bendito seja Deus que nos reuniu no amor de Cristo.

 

3. INTRODUÇÃO AO MISTÉRIO CELEBRADO

 

Min: Conduzidos pelo Espírito, vamos com Jesus ao deserto. Diante das tentações, renovamos nossa fidelidade ao Deus vivo e verdadeiro, sustentados por sua Palavra. Celebremos a Páscoa de Jesus Cristo que acontece em todas as pessoas e grupos que se comprometem firmemente com a Palavra do Deus vivo e dela se alimentam continuamente.

 

4. RITO PENITENCIAL

 

Min: Irmãos e irmãs, no dia em que celebramos a vitória de Cristo sobre o pecado e a morte, também nós somos convidados a morrer para o pecado e ressurgir para uma vida nova. Reconheçamo-nos necessitados da misericórdia do Pai, ajoelhados diante da cruz.

 

Após um instante de silêncio se canta ou se reza:

Min: Senhor, que nos mandastes perdoar-nos mutuamente, tende piedade de nós.

Todos: Senhor, tende piedade de nós.

 

Min: Cristo, que na cruz destes o perdão aos pecadores, tende piedade de nós.

Todos: Cristo, tende piedade de nós.

 

Min: Senhor, que confiastes à vossa Igreja o ministério da reconciliação, tende piedade de nós.

Todos: Senhor, tende piedade de nós.

 

A pessoa que preside, de pé, conclui o rito penitencial recando:

Min: Deus de ternura e misericórdia tenha compaixão de nós , perdoe os nossos pecados, nos dê a graça da vida plena e nos faça chegar renovados à festa da Páscoa de nosso Senhor Jesus Cristo.

Todos: Amém.

 

5. ORAÇÃO DO DIA

 

Min: Oremos (Breve silêncio) Senhor Deus, / nesta Quaresma nós pedimos vossa ajuda para conhecer melhor Jesus Cristo que nos ama. / Queremos ser mais cristãos, amando-o de verdade, sempre, por toda a vida. / Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, / na unidade do Espírito Santo.

Todos: Amém.

 

LITURGIA DA PALAVRA

 

Animador:  No deserto, pela obediência de Jesus, a história do povo é reescrita na fidelidade.  Na aridez das terras desérticas se experimenta a fragilidade humana e a ação salvífica do Deus da aliança.  A arca é prenúncio da salvação trazida no madeiro da cruz, da qual somos partícipes por ocasião do batismo.

 

6. PRIMEIRA LEITURA

Ano A: Gêneses 2,7-9;3,1-7

Ano B: Gêneses 9,8-15

Ano C: Deutoronômio 26,4-10

 

7. SALMO 50 (51)

Ano A: 50 (51)

Ano B: 24 (25)

Ano C: 90 (91)

 

8. SEGUNDA LEITURA

Ano A: Romanos 5,12-19

Ano B: 1Pedro 3,18-22

Ano C: Romanos 10,8-13

 

9. ACLAMAÇÃO AO EVANGELHO

 

10. PROCLAMAÇÃO DO EVANGELHO

Ano A: Mateus 4,1-11

Ano B: Marcos 1,12-15

Ano C: Lucas 4,1-13

 

11. PARTILHA DA PALAVRA (10 min)

 

12. PROFISSÃO DE FÉ

Todos: Creio em Deus Pai todo-poderoso, criador do céu e da terra. E em Jesus Cristo, seu único Filho, nosso Senhor, que foi concebido pelo poder do Espírito Santo; nasceu da Virgem Maria; padeceu sob Pôncio Pilatos, foi crucificado, morto e sepultado. Desceu à mansão dos mortos; ressuscitou ao terceiro dia, subiu aos céus; está sentado à direita de Deus Pai todo-poderoso, donde há de vir a julgar os vivos e os mortos. Creio no Espírito Santo; na santa Igreja católica; na comunhão dos santos; na remissão dos pecados; na ressurreição da carne; na vida eterna. Amém

 

13. ORAÇÃO DOS FIÉS

(Orações do Dia ou espontâneas)

 

14. RITO DA PAZ

 

Min: A paz do Senhor esteja convosco.

Todos: O amor de Cristo nos uniu

Min: Irmãos e irmãs, como filhos e filhas do Deus da paz, saudemo-nos com um gesto de comunhão fraterna.

 

RITO DE LOUVAÇÃO E AÇÃO DE GRAÇAS

 

15. COLETA FRATERNA

E o momento de trazer donativos ou oferta em dinheiro para as necessidades da comunidade, enquanto a assembleia canta um canto apropriado.

 

16. ENTRADA COM O PÃO CONSAGRADO

(O ministro coloca o pão consagrado sobre o altar)

 

17. ORAÇÃO DE AÇÃO DE GRAÇAS

Min: o Senhor esteja convosco.

Todos: Ele está no meio de nós

Min: Damos graças ao Senhor, nosso Deus

Todos: É nosso dever e nossa Salvação

 

Min: Nós vos damos graças, Senhor, / e vos louvamos por Jesus, vosso Filho, ter jejuado quarenta dias no deserto, desta forma consagrou a observância quaresmal, / e ensinou-nos, assim, a vencer o fermento da maldade.

Todos: Misericordioso é Deus, sempre, sempre o cantarei!

 

Min: Nós vos damos graças, Senhor, e vos louvamos, / porque alimentados pela Palavra e pela Eucaristia / e com a prática da oração, da esmola e do jejum, / nos fortaleceis no combate contra as tentações.

Todos: Misericordioso é Deus, sempre, sempre o cantarei!

 

Min: Nós vos damos graças, Senhor, e vos louvamos / porque na vossa misericórdia dirigis os nossos corações, / e nos salvastes pelo sangue do Cordeiro Imolado.

Todos: Misericordioso é Deus, sempre, sempre o cantarei!

 

Min: Pela palavra do Evangelho de vosso Filho, fazei que as igrejas do mundo inteiro caminhem na unidade e sejam sinais da presença de Cristo ressuscitado. Tornai esta comunidade cada vez mais sinais da vossa bondade

Todos: Misericordioso é Deus, sempre, sempre o cantarei!

 

Min: Lembrai-vos, ó Pai, dos nossos irmãos e irmãs que morreram na paz de Cristo... (lembrar os falecidos da comunidade), e de todos os falecidos, cuja fé só vós conheceste; acolhei-os junto a vós, na luz da vossa infinita misericórdia.

Todos: Misericordioso é Deus, sempre, sempre o cantarei!

 

Min: Ó Deus, criador do céu e da terra, os nossos louvores e as nossas preces cheguem a vós pelas mãos daquele que é nosso único mediador, Jesus Cristo, nosso Senhor.

Todos: Amém.

 

RITO DE COMUNHÃO

 

18. PAI-NOSSO

Min: Guiados pelo Espírito de Jesus e iluminados pela sabedoria do evangelho, ousamos dizer:

Pai nosso, que estais nos céus, / santificado seja o vosso nome; / venha a nós o vosso reino, / seja feita a vossa vontade, / assim na terra como no céu; / o pão nosso de cada dia nos dai hoje; / perdoai-nos as nossas ofensas, / assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido; / e não nos deixeis cair em tentação, / mas livrai-nos do mal. Amém.

Min.: Pois vosso é o Reino, o poder e a glória para sempre.

 

19. CONVITE A COMUNHÃO

Min: Assim disse Jesus: " Eu sou a luz do mundo. Quem me segue não andará nas trevas, mas terá a luz da vida.”. Eis o cordeiro de Deus, aquele que tira o pecado do mundo.

Todos: Senhor, eu não sou digno(a) de que entreis em minha morada, mas dizei uma palavra e serei salvo(a).

 

20. ORAÇÃO PÓS-COMUNHÃO

Min: Oremos (Breve silêncio) Ó Deus, / participando desta celebração, em que se repartiu a Palavra e o Pão, / todos nós ficamos mais fortes, com mais fé, muita esperança, muito amor no coração. / Que passemos nossa vida buscando sempre a Jesus. / Ele é Pão, quando nos fala, / iluminando os caminhos, / dando força ao caminhante. / Por Cristo, nosso Senhor

Todos: Amém.

 

21. AVE-MARIA

 

Ave Maria, cheia de graça. O senhor é convosco. Bendita sois vós entre as mulheres. Bendito é o fruto do vosso ventre, Jesus. Santa Maria, mãe de Deus. Rogai por nós, pecadores. Agora e na hora da nossa morte.
Amém


 

RITOS FINAIS

(Podem ser dados neste momento os avisos que interessam a comunidade)


 

22. ORAÇÃO DE BÊNÇÃO SOBRE O POVO

Min: O Senhor esteja com todos vocês.

Todos: Ele Está no meio de nós.

 

Min: Que Deus nos dê a força e a coragem para carregarmos a nossa cruz, seguindo o seu Filho, nosso Senhor Jesus Cristo, nesta caminhada para a Páscoa.

Todos: Amém.

 

Min: Que Deus de bondade e misericórdia nos abençoe. Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo.

Todos: Amém.

 

23. DESPEDIDA

Min: Glorifiquemos ao Senhor com nossa vida. Vamos em paz e o Senhor nos acompanhe. Todos: Graças a Deus!

 

24. CANTO FINAL

Pode ser cantado o hino da campanha da fraternidade.