BATISMO DO SENHOR

“Eis o meu eleito”

 

Animador: Irmãos, o Senhor Jesus, que no começo se manifestou aos magos e aos pastores em Belém, se manifesta agora no rio Jordão, mostrando quem realmente ele é e qual a sua missão. Pelo nosso batismo, a missão de Jesus passa a ser também a nossa. No desejo de fazermos sempre a vontade do Pai, cantemos:

 

1. CANTO DE ABERTURA

 

RITOS INICIAIS

 

2. ACOLHIDA (Poderá ser cantada)

Min: Em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo. 

Todos: Amém.

 

Min: A graça de Deus, nosso Pai, e de Jesus Cristo, Senhor da paz, esteja convosco.

Todos: Bendito seja Deus que nos reuniu no amor de Cristo.

 

3. GLÓRIA

 

4. ORAÇÃO DO DIA

Min: Oremos (Breve silêncio) Ó Deus do Universo, / força de consolação, / quando vosso Filho Jesus mergulhou nas águas do Jordão, / e o Espírito desceu sobre ele, / o proclamastes vosso Filho amado. / Dai aos vossos filhos e filhas, / renascidos da água e do Espírito, / a graça de permanecerem sempre na vossa comunhão. / Por Nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na Unidade do Espírito Santo.

Todos: Amém.

 

LITURGIA DA PALAVRA

 

5. LEITURAS (Is 42,1-4.6-7)

 

Livro do Profeta Isaías.

Assim fala o Senhor: “Eis o meu servo - eu o recebo; eis o meu eleito - nele se compraz minh’alma; pus meu espírito sobre ele; ele promoverá o julgamento das nações. Ele não clama nem levanta a voz, nem se faz ouvir pelas ruas. Não quebra uma cana rachada nem apaga um pavio que ainda fumega; mas promoverá o julgamento para obter a verdade. Não esmorecerá nem se deixará abater, enquanto não estabelecer a justiça na terra; os países distantes esperam seus ensinamentos. Eu, o Senhor, te chamei para a justiça e te tomei pela mão; eu te formei e te constituí como o centro de aliança do povo, luz das nações, para abrires os olhos dos cegos, tirar os cativos da prisão, livrar do cárcere os que vivem nas trevas”. Palavra do Senhor.

Todos: Graças a Deus

 

6. SALMO 28 (29)

 

Que o Senhor abençoe, com a paz, o seu povo!

 

• Filhos de Deus, tributai ao Senhor, / tributai-lhe a glória e o poder! / Dai-lhe a glória devida ao seu nome; / adorai-o com santo ornamento!

 

• Eis a voz do Senhor sobre as águas, / sua voz sobre as águas imensas! / Eis a voz do Senhor com poder! / Eis a voz do Senhor majestosa.

 

• Sua voz no trovão reboando! / No seu templo os fiéis bradam: “Glória!” / É o Senhor que domina os dilúvios; / o Senhor reinará para sempre!

 

7. SEGUNDA LEITURA (At 10,34-38)

 

Atos dos Apóstolos.

Naqueles dias, Pedro tomou a palavra e disse: “De fato, estou compreendendo que Deus não faz distinção entre as pessoas. Pelo contrário, ele aceita quem teme e pratica a justiça, qualquer que seja a nação a que pertença. Deus enviou sua palavra aos israelitas e lhes anunciou a boa nova da paz, por meio de Jesus Cristo, que é o Senhor de todos. Vós sabeis o que aconteceu em toda a Judeia, a começar pela Galileia, depois do batismo pregado por João: como Jesus de Nazaré foi  ungido  por  Deus  com o Espírito Santo e com poder. Ele andou por toda parte, fazendo o bem e curando a todos os que estavam dominados pelo demônio; porque Deus estava com ele”. Palavra do Senhor.

Todos: Graças a Deus

 

8. ACLAMAÇÃO AO EVANGELHO

 

Aleluia, aleluia, aleluia, aleluia! (2x)

Pois abriram-se os céus / e a voz do Pai se ouviu: / “Eis meu filho muito amado!” / Profecia se cumpriu.

 

9. EVANGELHO

Ano A: Mateus 3,13-17

Ano B: Marcos 1,7-11

Ano C: Lucas 3,15-16.21-22

 

10. PARTILHA DA PALAVRA (10 min)

 

11. PROFISSÃO DE FÉ E ORAÇÃO DE BÊNÇÃO DA ÁGUA E ASPERSÃO

Diante de um local com uma vasilha com água, previamente, a pessoa que preside reza:

Min: Neste dia, / as águas exultam de alegria / por terem recebido, / no meio do Jordão, / a bênção santificadora. / O sol da justiça se banhou no rio, / o fogo mergulhou nas águas, / e foi manifestada a todo gênero humano / a salvação de Deus.

Tocando a água, reza:

Min: Que esta água, ó Pai, / recorde para nós o Batismo do Senhor / e seu mergulho em nossa humanidade. / E vosso povo passe da morte para a vida, / e acolha a graça do vosso Espírito / que manifesta a vossa misericórdia, / por Cristo, nosso Todos: Amém.

Após a oração de bênção, a pessoa que preside convida a comunidade a renovar as promessas do batismo professando a fé:

Min: Irmãos e irmãs, credes em Deus, Pai todo-poderoso, Criador do céu e da terra?

Todos: Creio (ou cantada: Creio, Senhor, mas aumentai a minha fé)

 

Min: Credes em Jesus Cristo, seu único Filho, nosso Senhor, que nasceu da Virgem Maria, padeceu e foi sepultado, ressuscitou dos mortos e subiu ao céu?

Todos: Creio (ou cantada: Creio, Senhor, mas aumentai a minhafé)

 

Min: Credes no Espírito Santo, na Santa Igreja Católica, na comunhão dos santos, na remissão dos pecados, na ressurreição da carne, na vida eterna?

Todos: Creio (ou cantada: Creio, Senhor, mas aumentai a minha fé)

 

A pessoa que preside conclui:

Min: O Deus todo-poderoso, / Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, / que nos fez renascer pela água e pelo Espírito Santo / e nos concedeu o perdão de todo pecado, / guarde-nos em sua graça para a vida eterna, / no Cristo Jesus, nosso Senhor.

Todos: Amém.

 

O ministro asperge a comunidade ou o povo é convidado a ir até a água, enquanto se canta:

Banhados em Cristo, / somos uma nova criatura. / As coisas antigas já se passaram. / Somos nascidos de novo.

Aleluia, aleluia, aleluia!

Aleluia, aleluia, aleluia!

 

Min: Que Deus todo-poderoso nos purifique dos nossos pecados e, por esta celebração, nos torne dignos da mesa de seu reino.

Todos: Amém.

 

12. ORAÇÃO DOS FIÉS.

(Orações do Dia ou espontâneas).

 

13 RITO DA PAZ

 

Min: A paz do Senhor esteja convosco.

Todos: O amor de Cristo nos uniu

Min: Irmãos e irmãs, como filhos e filhas do Deus da paz, saudemo-nos com um gesto de comunhão fraterna.

 

RITOS DE LOUVOR E AÇÃO DE GRAÇAS

 

14. COLETA FRATERNA

 

E o momento de trazer donativos ou oferta em dinheiro para as necessidades da comunidade, enquanto a assembleia canta um canto apropriado.

 

15. ENTRADA COM O PÃO CONSAGRADO

(O ministro coloca o pão consagrado sobre o altar)

 

16. ORAÇÃO DE AÇÃO DE GRAÇAS

 

Min: o Senhor esteja convosco.

Todos: Ele está no meio de nós

Min: Damos graças ao Senhor, nosso Deus

Todos: É nosso dever e nossa Salvação

 

Min: É bom e justo louvar a Vós, Pai Santo, Deus eterno, por todas as manifestações de amor e pela fidelidade à aliança firmada com nossos primeiros pais na fé. Nós vos louvamos, por Jesus, vosso Filho amado, centro da aliança, luz das nações, palavra encarnada e revelada.

Todos: Por nós fez maravilhas, louvemos o Senhor.

 

Min: Damos-vos graças porque hoje, nas águas do rio Jordão, revelastes o novo batismo com sinais admiráveis. Pela voz descida do céu, ensinastes que vosso Verbo habita entre nós e, pelo sinal do Espírito descendo sobre ele, vós revelastes Jesus como o vosso ungido para proclamar a Boa-nova aos pobres.

Todos: Por nós fez maravilhas, louvemos o Senhor.

 

Min: Nós vos agradecemos por todos os batizados que, ungidos pelo Espírito, anunciam a Boa-nova aos pobres e se engajam em todas as ações para pôr fim a todo tipo de injustiça e opressão, manifestando o vosso amor de Pai.

Todos: Por nós fez maravilhas, louvemos o Senhor.

 

Min: Pela Palavra do Evangelho de Vosso Filho, fazei que as Igrejas do mundo inteiro caminhem na unidade com o Papa ___ e sejam sinais da presença do Cristo ressuscitado. Tornais esta comunidade cada vez mais sinal de vossa bondade e unida na caminhada com a Arquidiocese sob a orientação do nosso Bispo ___, e nosso pároco ___.

Todos: Por nós fez maravilhas, louvemos o Senhor.

 

Min: Lembrai-vos, ó Pai, dos nossos irmãos e irmãs que morreram na paz de Cristo... (lembrar os falecidos da comunidade), e de todos os falecidos, cuja fé só vós conheceste; acolhei-os junto a vós, na luz da vossa infinita misericórdia.

Todos: Por nós fez maravilhas, louvemos o Senhor.

 

Min: Ó Deus, criador do céu e da terra, os nossos louvores e as nossas preces cheguem a vós pelas mãos daquele que é nosso único mediador, Jesus Cristo, nosso Senhor.

Todos: Amém.

 

RITOS DE COMUNHÃO

 

17. PAI-NOSSO

Min:   O Senhor nos comunicou o seu Espírito.  Com a confiança e a liberdade de filhos, digamos juntos:

 Pai nosso, que estais nos céus, / santificado seja o vosso nome; / venha a nós o vosso reino, / seja feita a vossa vontade, / assim na terra como no céu; / o pão nosso de cada dia nos dai hoje; / perdoai-nos as nossas ofensas, / assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido; / e não nos deixeis cair em tentação, / mas livrai-nos do mal. Amém.

 

 

18. CONVITE A COMUNHÃO

Min: Assim disse Jesus: " Eu sou o pão vivo, que desceu do céu. Se alguém come deste pão, viverá eternamente”. Eis o cordeiro de Deus, aquele que tira o pecado do mundo.

Todos: Senhor, eu não sou digno(a) de que entreis em minha morada, mas dizei uma palavra e serei salvo(a).

 

19. ORAÇÃO PÓS-COMUNHÃO

Min: Oremos (Breve silêncio) O Deus, / Mãe de consolação, / nesta celebração recebemos de vós o mesmo Espírito / que pairou sobre as águas e revelou ao mundo todo o vosso Filho muito amado. / Guiados por ele, / recebamos a graça de ouvir sempre a vossa voz / e de viver na intimidade de vosso amor. Por Cristo, nosso Senhor.

Todos: Amém.

 

20. AVE-MARIA.

Ave Maria, cheia de graça. O senhor é convosco.
Bendita sois vós entre as mulheres. Bendito é o fruto do vosso ventre, Jesus.

Santa Maria, mãe de Deus. Rogai por nós, pecadores. Agora e na hora da nossa morte.
Amém.

 

 

RITOS FINAIS

 

 (Podem ser dados neste momento os avisos que interessam a comunidade)

 

21. ORAÇÃO DE BÊNÇÃO SOBRE O POVO

 

Min: O Senhor esteja convosco.

Todos: Ele está no meio de nós!

 

Min: A paz de Deus, que supera todo entendimento, guarde os nossos corações e nossas mentes no conhecimento e no amor de Deus e de seu Filho, nosso Senhor Jesus Cristo.

Todos: Amém.

 

Min: Abençoe-nos o Deus todo-poderoso, Pai e Filho e Espírito Santo. Todos: Amém.

 

22. DESPEDIDA

 

Min: Como filhos e filhas amados do Pai, anunciemos as maravilhas reveladas a nós com a manifestação do Filho de Deus em nossa história. Vamos em paz e o Senhor nos acompanhe.

Todos: Graças a Deus!

 

23. CANTO FINAL