QUEBRA-GELO E INTEGRAÇÃO

https://bemestarnotrabalho.files.wordpress.com/2011/04/comite-bonecos-de-mc3a3os-dadas.jpgCÍRCULO FECHADO

 

 

Objetivo: Mostrar as crianças que não devemos fazer discriminação.

 

Desenvolvimento:

- Pedir a duas ou três pessoas que saiam da sala por alguns instantes.

 

- Com o grupo que fica combinará que eles formarão um círculo apertado com os braços entrelaçados e não deixarão de forma nenhuma os componentes que estão fora da sala entrar no círculo.

- Com os componentes que estão fora o catequista combinará que eles devem entrar e fazer parte do grupo.

- Depois de algum tempo de tentativa será interessante discutir com o grupo como se sentiram não deixando ou não conseguindo entrar no grupo.

 

Compartilhar:

- Muitas vezes formamos verdadeiras “panelas” e não deixamos outras pessoas entrar e se sentir bem no nosso meio. Como temos agido com as pessoas novas na igreja?

http://www.123colorare.com/images/stelle/stelle-4.png

http://4.bp.blogspot.com/-0D9sTjbDn0c/U64CsQUqkFI/AAAAAAAAABs/8jDjB8tCE3Q/s1600/10015005_1389564014658638_7100061320214571965_n%2B%25281%2529.jpgCÍRCULO REFEITO

 

 

Categorias: Comunicação, Comunicação não verbal e Quebra-Gelo
 

Objetivos: Quebrar o Gelo e também permitir a introdução do tema Comunicação.  

 

Nº de Participantes: no mínimo 8 participantes  

 

Material: Vendas para os olhos.  

 

DESENVOLVIMENTO:

O facilitador pede aos participantes que formem  um círculo, em pé.

Pede então que, um por vez, cada participante faça um som (com a boca, pé, mão, etc) característico de forma que todo o grupo ouça. Nenhum participante poderá fazer um som igual a outro que já tenha sido feito.

O facilitador pergunta se todos ouviram os ruídos da esquerda e direita e, se necessário, pode pedir que repitam, pela ordem, os sons.

Pede-se então que os participantes andem pela sala misturando-se. Ao pararem o facilitador distribui vendas e pede que um auxilie o outro a colocar a venda.

Após todos estarem devidamente vendados o facilitador pede que os participantes reconstruam o círculo, na posição em que se encontravam, localizando os ruídos certos e indo na direção deles.

http://www.123colorare.com/images/stelle/stelle-4.png

http://thumbs.dreamstime.com/x/1-2-3-indiv%C3%ADduos-3d-14484785.jpgDINÂMICA DO 1, 2, 3

 

Objetivos: Quebra-gelo

 

Como Fazer:

1º momento: Formam-se duplas e então solicite para que os dois comecem a contar de um a três, ora um começa, ora o outro. Fica Fácil. 

2º momento: Solicite que ao invés de falar o número 1, batam palma, os outros números devem ser pronunciados normalmente.

3º momento: Solicite que ao invés de falar o número 2, que batam com as duas mãos na barriga, o número 3 deve ser pronunciado normalmente. Começa a complicar.

4º momento: Solicite que ao invés de falar o número 3, que dêm uma “reboladinha”.
A situação fica bem divertida.

http://www.123colorare.com/images/stelle/stelle-4.png

http://coachingemagrecimento.net.br/imagensSite/individuo-diferenciado-boneco69.jpgQUAL É O DOIDO?

 

Categorias: Quebra-Gelo e União
 

Objetivos: Descontração, quebra-gelo e o entrosamento entre a equipe.  

 

Nº de Participantes: de 10 a 30 participantes  

 

Material: Não necessita material  

 

PROCEDIMENTO:

O facilitador convida o grupo a participar de uma brincadeira pedindo a um voluntário que fique fora da sala algum tempo. Enquanto isso, explica que o voluntário terá que descobrir quem é o "doido" do grupo.

Para confundi-lo, toda vez que o voluntário fizer a pergunta: “quem é o doido?”, todos se levantarão e farão gestos que demonstrem loucura. Ele terá três chances de adivinhar quem é o verdadeiro "doido" do grupo.

Na terceira chance, ele vai acertar impreterivelmente, não importa quem escolha, pois isso já fica acertado com o grupo. Pergunta-se ao voluntário qual foi a maneira de ele ter acertado, quais os indícios que o levaram a adivinhar.

O facilitador convida o grupo para outra rodada. Desta vez, porém, a ordem é que, na terceira vez que o voluntário perguntar, ninguém vai fazer gesto nenhum. Acontece que o voluntário que foi da primeira vez não sabe de nada, já que isto também foi combinado na primeira rodada, enquanto ele estava fora da sala.

Conclusão: quando o segundo voluntário perguntar pela terceira vez, só ele se levantará e fará gestos de "maluco".

Agradecer a coragem do voluntário e ressaltar que essa técnica reforça o sentimento de equipe.

 

http://www.123colorare.com/images/stelle/stelle-4.png

https://s-media-cache-ak0.pinimg.com/564x/ab/a4/33/aba433e21cea239b01e8632783911a02.jpgA VIAGEM

 

Objetivo:
Fixar o nome dos integrantes do grupo.

 

Material: Nenhum

 

Como Fazer:

O animador organiza os participantes em círculo e diz que irão fazer uma viagem e que nessa viagem cada um deverá levar algumas coisas, porém, que há coisas que não caberão nas malas. Ele inicia o jogo dizendo algo que levará. O objeto dito deverá começar com a letra inicial do nome da pessoa que está à sua esquerda. Em seguida ele pergunta o que a pessoa que está à sua direita levará. E assim, a roda deve seguir sempre para a direita e cada um deverá dizer um objeto que comece com a letra inicial do nome da pessoa que está à sua esquerda. Conforme o “acerto” ou o “erro”. O animador diz se o objeto cabe na mala ou não. O jogo vai seguindo até que a maioria dos participantes descubram a regra do jogo.

 

Observaçőes:
Esta dinâmica pode ser trabalhada quando o grupo está iniciando seus primeiros encontros ou quando o grupo recebe um novo integrante.

O animador deve enfatizar o nome de cada um em algum momento anterior à dinâmica.

http://www.123colorare.com/images/stelle/stelle-4.png

 

http://www.adevipar.com/Img/boneco_lendo_jornal.jpg

ANÚNCIOS CLASSIFICADOS

 

Objetivos: Apresentar pessoas que quase não se conhecem.
Material: Papel e cante para cada um.
Como Fazer:
1. Cada participante recebe uma folha em branco e nela escreve um anúncio classificado sobre ele mesmo, se oferecendo para um serviço, curso ou outra coisa.
2. A folha não pode conter nome.
3. Os classificados são afixados na parede e os participantes devem ler os anúncios e durante 20 minutos tentar descobrir quem são as pessoas anunciadas.
4. Em seguida o coordenador deve perguntar:
a) quem se reconheceu através dos anúncios classificados,
b) quantas pessoas pensavam se conhecer e descobriram que não se conheciam direito.
c) como cada um se sentiu ao ver seu anúncio sendo lido pelos outros.
d) o que falta para que o grupo se conheça melhor.

http://www.123colorare.com/images/stelle/stelle-4.png

 

O Barbante

 

Objetivo: Integrar os alunos de uma maneira divertida promovendo a aprendizagem. 

 

Material: Um rolo de barbante e uma tesoura sem ponta para começar a brincadeira.

 

Desenvolvimento:

- Formar com os alunos uma grande roda e, em seguida, cada aluno mede três palmos do cordão, corta para si e passa o rolo adiante.

 

- Sugira que cada um brinque com o seu pedacinho de barbante.

- Balançando o cordão no ar ou formando uma bolinha com ele, por exemplo, os alunos podem perceber sua textura, flexibilidade e versatilidade. Depois, toda a turma, incluindo o professor, cria no chão um desenho com o seu pedaço de barbante.

- Prontas as obras, o grupo analisa figura por figura. Comentários e interpretações são muito bem vindas.

- Após percorrer toda a exposição, cada um desfaz o seu desenho e amarra, ponta com ponta, seu barbante ao dos vizinhos.

- Abaixados ao redor desse grande círculo feito de cordão, os alunos devem criar uma única figura.

- Proponha que refaçam juntos, alguns dos desenhos feitos individualmente. No final, em círculo, a turma conversa sobre o que cada um sentiu no decorrer da brincadeira.

-Enquanto os alunos escolhem juntas qual o desenho irão fazer e colocam a idéia em prática, o professor aproveitará para observá-las. Nessa fase da brincadeira surgem muitas idéias e cada aluno quer falar mais alto que o colega.

http://www.123colorare.com/images/stelle/stelle-4.png

 

 

http://comocomprar.com.br/wp-content/uploads/2013/05/bom-negocio.jpg
CUMPRIMENTO CRIATIVO

 

Objetivo: Forma diferente de um cumprimento.

Participantes: Indefinido.

Tempo Estimado: 25 minutos.

Matéria: Musica animada.

Descrição: O apresentador explica ao grupo que quando a música tocar todos deverão movimentar-se pela sala de acordo com o ritmo da mesma. A cada pausa musical. Congelar o movimento prestando atenção a solicitação que será feita pelo apresentador. Quando a Musica recomeçar atender a solicitação feita.
O apresentador pedirá formas variadas de cumprimento corporal a cada parada musical.


Exemplo:
-Com a palmas das mãos;

-Com os cotovelos;

-Com os pés;

Após vários tipos de cumprimento, ao perceber que se estabelece no grupo um clima alegre e descontraído, o apresentador diminui a música pausadamente, pedindo a cada pessoa que procure um lugar na sala para estar de pé, olhos fechados, esperando que a respiração volte ao normal. Abrir os olhos, olhar os companheiros, formar um circulo, sentar.

Comentar o exercício:
-O que foi mais difícil executar? Porque?
-O que mais gostou?
-O que pode observar?


http://www.123colorare.com/images/stelle/stelle-4.png

 

Contato

TROCANDO CRACHÁS

https://pplexperience.files.wordpress.com/2014/04/2947-101413-gs2947-homem-com-quadro-branco.jpg?w=239&h=239

 

Objetivos: Facilitar a memorização dos nomes e um melhor conhecimento entre os integrantes.

Material: Crachás com os nomes dos integrantes.

Como Fazer:

1. O coordenador distribui os crachás aos respectivos integrantes.

2. Após algum tempo recolhem-se os crachás e cada um recebe um crachá que não deve ser o seu.

3. Os integrantes devem passear pela sala a procura do integrante que possui o seu crachá para recebê-lo de volta.

4. Neste momento, ambos devem aproveitar para uma pequena conversa informal, onde procurem conhecer algo novo sobre o outro integrante.

5. Após todos terem retomado seus crachás, o grupo deve debater sobre as diferentes reações durante a experiência.

http://www.123colorare.com/images/stelle/stelle-4.png

http://www.f2br.com/cesarlocatelli/wp-content/uploads/2012/06/boneco-da-dinheiro.jpgFAZER COMPRAS
              (Integração)

 

OBJETIVO: Para um momento de descontração, ajudando as pessoas a memorizarem o nome de todo grupo

PARA QUANTAS PESSOAS: Grupo de mais ou menos 20 pessoas

PROCEDIMENTO:

- Todos sentados em circulo e o coordenador, em pé, diz: Fui fazer compras com... (e vai dizendo o nem de várias pessoas do grupo). De repente acrescenta: Não tenho mais dinheiro.

- Todos, cujo nome foi citado, devem trcar rapidamente de lugar e o coordenador procura sentar-se entre eles. Alguém deverá ficar sem lugar, em pé. Este será o primeiro a fazer compras e assim continuará. Se alguém não perceber que seu nome foi citado e por isso não se levantar, será o que vai fazer compras.

http://www.123colorare.com/images/stelle/stelle-4.png

http://mlb-s1-p.mlstatic.com/adesivo-decorativo-parede-safari-infantil-bebe-zoo-trenzinho-11188-MLB20039259546_012014-F.jpg

TRENZINHO

 

Objetivos: Fazer com que as pessoas memorizem os nomes umas das outras.

Como Fazer:

1. Durante um curto tempo as pessoas podem andar pela sala relembrando o nome de todos os participantes do grupo e reparando em pelo menos uma qualidade de cada um.

2. Passado esse tempo, um dos coordenadores, identificado como locomotiva, sai correndo em volta da sala e diz o nome e qualidade de alguém, que se prende a locomotiva chamando outra pessoa pelo nome e destacando uma qualidade.

3. Segue-se até formar o trem com todos participantes.

http://www.123colorare.com/images/stelle/stelle-4.png